Professores definem em assembleia pauta de reivindicações/2018 que será apresentada ao Governo do Estado

Nesta quinta-feira, 14/12, foi realizada a Assembleia ordinária de docentes da UESC convocada pela ADUSC, onde a pauta principal tratou das reivindicações dos professores das estaduais para o ano de 2018.

Foram aprovados na Assembleia os seguintes pontos: destinação de no mínimo 7% da Receita Líquida de Impostos (RLI) do Estado da Bahia para o orçamento anual, assegurando que o mesmo não seja inferior ao executado no ano anterior, garantindo o cumprimento dos direitos trabalhistas, das condições de trabalho e estudo nas universidades estaduais; reposição integral da inflação no período de 2015 a 2017, em uma única parcela, com índice igual ou superior ao IPCA; reajuste de 17,42% no salário base dos docentes para garantir a política de recuperação salarial; cumprimento dos direitos trabalhistas, a exemplo das promoções na carreira, progressões, adicional de insalubridade, entre outros pontos conforme o estatuto do Magistério Superior; ampliação e desvinculação de vaga/classe do quadro de cargos de provimento permanente do Magistério Público das Universidades do Estado.

“A pauta de reivindicações de 2018 não difere fundamentalmente da pauta de 2017, pois as nossas demandas continuam tendo como eixo principal Recomposição Salarial, Orçamento e Direitos Trabalhistas”, afirmou o presidente da ADUSC, José Luiz França.

No dia 18 dezembro, a partir das 09h30, na ADIMG_20171214_153321347UNEB será realizado o Fórum das ADs, onde os representantes se reunirão para discutir a pauta proposta nas Assembleias realizadas por cada AD, que irá gerar documento que será entregue ao Governo do Estado neste mesmo dia, no período da tarde. Nesta reunião também serão definidas as estratégias de mediação para a reunião com o governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.