UESC: Comunidade acadêmica segue sem resposta da reitoria

A comunidade acadêmica da UESC segue até o momento sem resposta da reitoria quanto à falta de condições básicas para permanência e trabalho na universidade. Preocupada com a situação que se agrava, a diretoria da ADUSC encaminhou no dia 23 de Agosto, último, um ofício solicitando esse e outros esclarecimentos referentes à situação orçamentária da instituição (veja aqui).

Para a diretoria da ADUSC, é preocupante a demora da reitoria em solucionar a questão, e sem resposta fica difícil que iniciativas mais incisivas sejam tomadas por parte da categoria. O assunto também foi pauta do protesto realizado nesta terça-feira (04) pelos funcionários técnico-administrativos da instituição. A iniciativa provocada inicialmente como uma ação conjunta das Associações de Funcionários das quatro Universidades Estaduais Baianas (UEBA), também deliberou pela realização de uma assembleia para tratar da pauta interna dentre outras questões.

Funcionários Técnicos e Administrativos fecharam os portões em protesto nesta terça-feira (04)
Funcionários Técnicos e Administrativos fecharam os portões em protesto nesta terça-feira (04)

Segundo José Luiz de França, presidente da ADUSC, a situação é cada vez mais alarmante e exige o empenho e unidade de todas as categorias das universidades. “Estamos nos empenhando para que haja uma reunião do fórum das representações de professores, estudantes e funcionários – Fórum das Doze – na próxima semana, a fim de discutir iniciativas conjuntas em defesa das UEBA”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.