Fórum das ADs aponta calendário de abril com indicativo de ato público

Mobilização na Lavagem do Bonfim 2018. Foto: Ascom Fórum das ADs

Diante do maior arrocho salarial dos últimos 20 anos, o Fórum das ADs discutiu no último dia 19 de março ações de mobilização para o mês de abril. As representações docentes avaliaram o quadro de insatisfação da categoria com a restrição aos direitos trabalhistas e a crise orçamentária das universidades. Foi indicada a realização de um grande ato público na capital baiana no dia 25 de abril. A proposta deverá ser apreciada nas Assembleias Docentes, que ocorrerão entre os dias 9 e 18 do mesmo mês.

De acordo com Sérgio Barroso, coordenador do Fórum das ADs, a manifestação será importante para denunciar à sociedade baiana a situação dos docentes e das universidades. “As perdas salariais dos últimos três anos atingem duramente nós professores. Além da questão salarial, o governo insiste em não cumprir os direitos trabalhistas e há centenas de docentes nas filas dos processos de promoção, progressão e mudança de regime de trabalho. A categoria está muito insatisfeita, por isso iremos às ruas. Queremos que o governo dê respostas efetivas ao movimento docente”, destacou Barroso.

Atualmente o número de docentes com processos na fila de promoção, progressão e mudança de regime de trabalho subiu para 957 no total. Estão travadas nas quatro universidades estaduais 472 promoções, 284 progressões e 201 mudanças de regime de trabalho.

 Reunião do Fórum das ADs no dia 19 de março. Foto: Ascom Fórum das ADs

Tentativas de negociação

Em busca de soluções para os problemas acumulados, as representações do movimento docente pautaram novamente, no dia 20 de março, a necessidade de que o governo #RuiCorta abra o diálogo. Há mais de 180 dias o Governo do Estado não se reúne com o movimento docente e mantêm completo silêncio sobre a pauta de reivindicações.

O Fórum encaminhou novos documentos na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) e na Secretaria de Educação (SEC). Os ofícios ratificaram o compromisso das diretorias em resolver, pela via negociada, as questões que envolvem as Universidades Estaduais da Bahia (Ueba). Foi cobrada também uma audiência pública para tratar dos “Desafios do ensino superior público da Bahia”. Leia mais sobre as tentativas de negociação

Além do ato público, o Fórum das ADs também avançou no ponto da campanha de mídia 2018. O tema principal da campanha deste ano será a questão salarial e os direitos trabalhistas. A próxima reunião do Fórum ocorrerá no dia 20 de abril, a partir das 9h, na Universidade Estadual de Santa Cruz em Ilhéus.

Confira o calendário de abril completo

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Site desenvolvido com ♥ por Encanto Web