A ADUSC entrará na justiça pela garantia do adicional de insalubridade

 Apresentação1

Na UESC existem 66 professores trabalhando sem receber o adicional insalubridade. Segundo o presidente da ADUSC, Prof. Emerson Lucena, “isso é mais um desrespeito do governo Wagner aos direitos dos docentes, já que existem processos que estão parados desde 2009. Entretanto, estes profissionais encontram-se realizando suas atividades laborais normalmente, mas sem receber por aquilo que é seu por direito, o que é um absurdo”. Buscando ingressar com uma ação referente ao Adicional de Insalubridade, a ADUSC por meio de sua Assessoria Jurídica está solicitando aos(as) professores(as) associados(as) interessados que levem até sua sede a documentação necessária. Os documentos são:

 – Todos os contra cheques referente ao período de não recebimento do adicional;

– Cópia do protocolo do requerimento do adicional;

– Contra cheque do(a) professor(a) que esteja recebendo o adicional;

– Documentação que comprove o direito ao recebimento do adicional.

 O prazo para encaminhar a documentação na sede da ADUSC é até o dia 14 de março.

Sobre o processo da URV(Unidade Real de Valor) que já está tramitando, os professores que ainda não deram entrada na documentação junto á assessoria jurídica, também tem o prazo do 14 de março para encaminhar o processo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.